quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

O ano termina, que venha 2010

Nesta virada do ano agradecemos as boas coisas do ano que se vai e rogamos a Deus que tenhamos um 2.010 melhor.
Deus nosso pai traga um ano mais humano, mais justo e menos politiqueiro para nossa cidade.
Que os nossos representantes no Executivo e no Legislativo dignem-se a trabalhar mais e fazer menos política banal, utilizando-se de subterfúgios fúteis, atos indignos e antiéticos.

Que cada um faça a sua autocrítica e veja se está trilhando no caminho a que se propuseram no momento da busca do voto. Vejo com preocupação a situação de Araguari, onde um pedido de empréstimo tornou-se a última batalha. Lembrem senhores que o mundo não acaba aqui e muito menos num pedido de empréstimo.

E quais são as diretrizes orçamentárias para 2010?? Estaria apenas no pedido de empréstimo ou temos algo mais planejado, além de concluir os quatro quarteirões do córrego?

Araguari é muito maior e aqueles que estão no comando precisam se conscientizar desta realidade. Chega de usar as pessoas como massa de manobra, como se as demais fossem tolas. Tolice é agir de má fé, utilizando aqueles que precisam de ganhar o seu pão, fazendo-os cair no ridículo.

Pagar um funcionário que trabalhou, que prestou os serviços, não é mais do que dever do patrão. E o patrão que quiser agradecimento em público porque pagou os serviços, não passa de um mesquinho. Ainda mais quando se trata de um agradecimento forçado de um trabalhador que está apenas buscando o seu sutento.

Aliás, vereadores , prefeito, vice, secretários não iriam receber o 13º, segundo os comentários da justiça. Mas no fim acabaram todos recebendo já no final de 2009 e terminaram felizes.
E agora vão agradecer a alguém.... Acho que deveriam agradecer ao povo, pois são os verdadeiros patrões daqueles que foram eleitos. Uma das formas de agradecimento é trabalhar corretamente e decentemente. Pelo menos isso esperamos.

Tomara que no final de 2010 as coisas estejam mais animadoras. De qualquer forma que venha 2010 e que os nossos homens públicos tomem juízo, pois mais tolo é aquele que pensa estar ludibriando a opinião pública.

Bom Ano Novo!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Mensagem


Aos amigos e leitores deste blog os votos
de um NATAL de muita PAZ E ALEGRIA.
E que 2010 seja de
PROSPERIDADE E SAÚDE para todos.

Em Araguari tudo é diferente do resto do Brasil - Veja matéria

A necessidade da maioria qualificada, ou seja 08 votos, para aprovar o projeto NOVO SOMMA complicou a vida do prefeito Marcos Coelho, que conseguiu apenas 07 votos, tendo a abstenção dos vereadores Tiãozinho do Sintespa e Wesley Lucas e o voto contra de Werley Macedo.

Destarte, o projeto que tramitou e foi votado na última quarta-feira, que autoriza o município a contrair empréstimo de 11 milhões e 907 mil reais, acabou rejeitado por 03 vereadores.

Não conheço o Regimento Interno da Câmara Municipal de Araguari, mas acredito que nesses casos o presidente deveria votar, no caso especial a presidente. Vejam: se utilizo os 11 votos para calcular os 2/3 necessários, que daria 7,3 vereadores, mas se arredonda pra cima ou sejas 08, não há dúvida de que o voto do presidente deveria valer, pois calculei os 2/3 em cima de 11.

O que não ocorreu na votação em epígrafe. Dizem que é o voto de minerva ou seja vota em caso de empate. Porém no caso não existe o desempate, porque a votação é de 2/3 e não de maioria simples. Um empate no caso e mesmo com o desempate do presidente, já é derrota.

Assim, não satisfeito com a matemática aplicada aqui, independente se o projeto deveria ser aprovado ou não, prefiro por enquanto não entrar no mérito, pois acho que o processo foi mal conduzido, procurei pesquisar na internet e descobri partes dos regimentos de algumas câmaras, em que deixam claro que em matéria de 2/3 o presidente tem voto garantido.

Veja abaixo

Joinville-SC

A Lei Orgânica do Município em seu artigo 22 determina que o presidente da Câmara só pode votar em caso de eleição da mesa diretora ou quando a matéria exigir para sua aprovação o voto favorável de 2/3 (dois terços) dos parlamentares ou ainda em caso de desempate, o que não se enquadra em nenhuma das situações.

Formigueiro-RS

O Presidente da Câmara vota quando houver empate, quando a matéria exigir presença de 2/3 (dois terços) e nas votações secretas.


Coronel Sapucaia-MSO

Presidente da Câmara somente poderá votar, quando exigível o voto favorável da maioria absoluta ou de 2/3 dos Vereadores, para
aprovação de proposição e ainda, nos casos de empate, desde que não tenha interesse direto no resultado da votação.

São Bento do Sul-SC

Artigo 19 – O Presidente da Câmara ou seu substituto legal só terá direito a voto:
I – na eleição da Mesa;
II – quando a matéria exigir o voto favorável de 2/3 (dois terços) dos Membros da Câmara;
III – nas votações secretas; (SUPRESSãO E-LOM Nº 004/

Cristina-MG

Art. 39 - O Presidente da Câmara vota nas eleições, nos escrutínios secretos e no caso de empate, quando seu voto é de qualidade.
(O voto de qualidade é o de 2/3)

Confesso que pesquisei na Constituição Federal e não achei exatamente sobre o caso do voto qualificado do presidente. No site da nossa Câmara Municipal também aparece o ícone sobre Regimento Interno, mas quando você clica não aparece nada, não tem nenhum conteúdo lá.

Mas ficam ai os exemplos que temos algo de concreto sobre o assunto e diante de tal chegamos à seguinte conclusão: se o nosso regimento interno da Câmara Municipal de Araguari não esta desta maneira, há algo errado. Estaríamos regredindo......
O que diz mesmo o Regimento Interno da Câmara de Araguari
sobre o assunto???

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Câmara vota projeto de empréstimo para o Municipio

Projeto de empréstimo a pedido do Prefeito Municipal de Araguari, Marcos Coelho Carvalho, está em apreciação no Legislativo, em sessão extraordinária que teve início às 8h30 desta quarta-feira (23/12).

O valor solicitado, via BDMG Governo de Minas, no chamado de Novo Somma, chega a 11 milhões e 900 mil reais, divididos em três partes: asfalto – 5 milhões; meio-ambiente o chamado Somma ECO – 3.900; e para a compra de maquinas - 3 milhões.

O empréstimo pode ser pago em até 15 anos, com 30 meses de carência.

O projeto precisa de 8 votos, maioria qualificada, para ser aprovado. A oposição formada pelos vereadores Wesley Lucas, Werley Macedo e Tiãozinho do Sintespa, não está ainda muito convencida dos detalhes do projeto, alegando falta de tempo para analisar com mais propriedade e erro na medição de vias a serem pavimentadas.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Marcos Alvim é o novo blogueiro da net

Sentindo a falta da mídia, o ex-prefeito Marcos Alvim. pré-candidato a deputado estadual, decidiu blogar. Agora é o mais novo blogueiro da região, utilizando-se desta modernoa ferramenta para expressar pontos de vista e discorrer sobre suas atividades sejam em Araguari ou em BH. É uma foprma de se manter em evidência, marcando presença na net.

Depois de cerca de um ano fora da prefeitura, Alvim achou tempo para ser blogueiro.

endereço
blog www.marcosalvim.blogspot.com

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Prefeitura de Uberlandia reajusta servidores em 10% a partir de janeiro

A matéria abaixo traz um gostinho de inveja aos servidores da Prefeitura de Araguari.

Do Correio de Uberlandia
Os 14,8 mil servidores municipais de Uberlândia terão os salários reajustados em 10% a partir de 1º de janeiro de 2010. O benefício - que também é estendido aos funcionários contratados sem concurso e à boa parte dos aposentados e pensionistas - vai custar aos cofres públicos cerca de R$ 25 milhões a mais por ano. Os projetos de lei que concedem as revisões nos vencimentos dos servidores, de autoria do prefeito Odelmo Leão (PP) e da mesa-diretora da Câmara, foram aprovados ontem na última sessão ordinária de 2009 do Legislativo Municipal.

O prefeito, de acordo com a secretária municipal de Administração, Marli Melazo Vieira, antecipou a revisão salarial seguindo uma política praticada pelo governo federal. “Nos últimos anos, o governo federal vem antecipando o reajuste do salário mínimo. Era, em maio, passou para abril, março, fevereiro e agora será em janeiro”, afirmou.

Com o reajuste, o mínimo pago pela prefeitura, que hoje é de R$ 470, será elevado para R$ 517, acima do mínimo previsto para janeiro pelo governo federal que é de R$ 506.

Os recursos para conceder a revisão salarial estão previstos na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2010, aprovada na semana passada pelos vereadores. Só para os 14,4 mil trabalhadores da Administração Municipal – prefeitura, Dmae, Prodaub, Futel, Ferub, Ipremu e Emam - o reajuste vai representar um impacto de R$ 24,6 milhões por ano nas contas públicas, considerando o pagamento do 13º salário em dezembro de 2010. Assim, para o ano que vem os gastos com salários vão saltar de R$ 241,8 milhões para R$ 266,4 milhões.

Na Câmara Municipal, o reajuste dos 387 servidores, segundo o ordenador de despesas, vereador Vilmar Resende (PP), vai custar cerca de R$ 870 mil a mais por ano. Com isso, a folha salarial anual dos servidores da Casa saltará de R$ 8,7 milhões para R$ 9,5 milhões.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Cassações não param em Minas

Do TRE
Prefeito de Ouro Fino é cassado e presidente da Câmara assume em Nepomuceno

Por unanimidade, o TRE cassou nesta quinta-feira os diplomas do prefeito reeleito de Ouro Fino, no Sul de Minas, Luiz Carlos Maciel (DEM), e do seu vice, Deoclécio Consentino (DEM), em um recurso contra expedição de diploma apresentado pelo Ministério Público Eleitoral. Por não terem obtido mais de 50 % dos votos válidos, foi decidido que quem deverá assumir a prefeitura será o segundo colocado no pleito de 2008, Maurício Lemes de Carvalho (PHS).

Segundo o juiz relator do caso no TRE, Ricardo Machado Rabelo, houve no processo comprovação de atos de abuso de poder econômico, político e de autoridade, ocorrência de promoção pessoal e utilização de slogan de campanha na transmissão do programa “Ouro Fino Melhor para Viver”, instituído com o objetivo de divulgar atos institucionais da Prefeitura e, ainda, distribuição irregular de auxílio financeiro às pessoas carentes do Município por meio de cheques. Essas irregularidades já haviam sido comprovadas em outro processo, que gerou a decretação da inelegibilidade dos eleitos pelo TRE mineiro no dia 27 de abril deste ano.

A chapa de Luiz Carlos Maciel obteve 7.624 votos (41,51%), enquanto a de Maurício Carvalho obteve 5.440 (29,62%). O terceiro colocado, José Américo Buti (PV) teve 5.304 (28,88%).

Afastamento em Nepomuceno

O presidente da Câmara Municipal de Nepomuceno (Sul de Minas), José Maria de Oliveira (PP), assumiu a chefia do Executivo local nessa quarta-feira (9), devido ao afastamento do cargo do prefeito reeleito do município e do vice, José Sílvio de Carvalho (PDT e Alberto Washington Menezes Lima (PPS), cassados pelo TRE no dia 20 de outubro por captação ilícita de votos, através da distribuição de cestas básicas da Prefeitura à população local.

Na sexta-feira da semana passada (4), a juíza do TRE-MG Mariza Porto deferiu liminar em mandado de segurança (295), apresentada pela Coligação “Unidos para Vencer”, para afastar os cassados do cargo, visto que a decisão de cassação já foi publicada pelo Tribunal. Além do afastamento dos políticos, a magistrada, em comunicação feita ao cartório eleitoral determinou a assunção do presidente da câmara municipal local no comando da prefeitura até a realização de novas eleições.

José Sílvio e Alberto, que haviam sido cassados em primeira instância em 25 de julho deste ano, foram reintegrados aos cargos ainda no final de julho, graças a uma liminar concedida também pela juíza Mariza Porto. No TRE-MG, tiveram a confirmação de suas cassações no dia 20 de outubro, além de terem sido multados individualmente em 20 mil UFIRs. Os cassados apresentaram embargos de declaração no TRE, que foram rejeitados no dia 11 de novembro. Ambos entraram com recurso especial, ainda pendente, para que o caso seja julgado no TSE. A chapa eleita teve 9.228 votos (60,58% dos válidos).

Cassação revertida


Por unanimidade, os juízes do TRE-MG, na sessão desta quinta-feira (10), reverteram a cassação do prefeito e do vice-prefeito da cidade de Igaratinga (202ª Zona Eleitoral de Pará de Minas), Fábio Alves Costa Fonseca (PDT) e Magno Martins da Silva.

A decisão, que seguiu o voto do relator do caso, juiz Ricardo Rabello, deu provimento ao recurso apresentado contra a sentença de primeiro grau, que, em junho deste ano, por abuso de poder econômico e captação ilícita de votos, cassou os diplomas de Fonseca e Silva, decretou a inelegibilidade deles por três anos, e determinou a posse do segundo colocado nas eleições de 2008, Heleno José de Almeida (PP), autor da ação de investigação judicial eleitoral contra o prefeito e o vice.

De acordo com a representação feita por Heleno Almeida, o prefeito e o vice-prefeito teriam prometido e entregue areia, cimento, serviços de terraplanagem e dinheiro a diversos eleitores do município, em troca de seus votos. Segundo o relator do recurso eleitoral 7991, juiz Ricardo Rabello, o conjunto probatório no processo era frágil, não tendo havido a comprovação da ocorrência de captação ilícita nem do abuso de poder econômico.

Fábio Fonseca e Magno Silva continuaram nos cargos graças a uma liminar concedida pelo então juiz do TRE-MG, Renato Prates.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Uberlandia precisa mais 84 PSFs

Dados Jornal Correio

A Prefeitura de Uberlândia condiciona a abertura de novos postos do Programa da Saúde da Família (PSF) na cidade a uma participação mais efetiva do governo de Minas no custeio das unidades. O Município tem hoje 42 equipes de PSFs, mas, pelo que é preconizado pelo Ministério da Saúde, deveria ter 126 unidades.

Cada unidade custa por mês R$ 22,4 mil, segundo dados da administração municipal. Deste total, o Município arca com R$ 12,1 mil (54,07%), o governo federal custeia outros R$ 9,3 mil (41,47%) e o estado participa com R$ 1 mil (4,46%).

Por ano são R$ 11,3 milhões, dos quais R$ 6,1 milhões saem dos cofres da prefeitura, outros R$ 4,6 milhões da União e R$ 504 mil do governo mineiro. “Na atual situação, se o governo de Minas não nos ajudar no custeio dos salários dos profissionais, está descartada a possibilidade de abertura de novos PSFs em Uberlândia”, afirmou o coordenador da rede municipal de Saúde de Uberlândia, Adenilson Lima.

O governo do estado informou, por meio da assessoria de comunicação, que os recursos destinados a Uberlândia são para “qualificação de pessoal, obras em postos de saúde, compra de equipamentos médicos e de material de consumo para melhorar a atuação das equipes”. E, ainda, que “o município de Uberlândia deve estabelecer a sua necessidade da rede de Atenção Primária, por ser município de gestão plena [ou seja, tem autonomia para gerenciar os recursos que recebe do SUS]”.

No entanto, Adenilson Lima afirma que o estado deveria auxiliar no custeio. “Esta desculpa do governo de Minas está ultrapassada porque a Constituição Federal estabelece que saúde é direito de todos e dever do Estado. E por ‘Estado’, entende-se governo federal, estado e município”, disse.
Atendimento abrange 33% do público-alvo
Os cálculos para implantação do PSF, de acordo com o Ministério da Saúde (MS), levam em consideração que 70% da população de uma cidade depende de atenção da saúde pública. Assim, dos 634 mil habitantes de Uberlândia, pelo menos 444 mil estariam neste grupo. Uma equipe de PSF, segundo o ministério, seria responsável pelos atendimentos de 3,5 mil pacientes, o que implicaria a implantação de 126 equipes de PSF para assegurar a atenção para todos estes moradores. Hoje, a cidade tem 42 equipes, o que, segundo prevê o ministério, corresponderia a 33% do público-alvo.

Juiz de Fora, cidade com cerca de 526 mil moradores, tem 84 PSFs. Pelas regras do MS, também não atingiu o ideal (105 equipes), mas o número representa exatamente o dobro do total de unidades instaladas em Uberlândia.

Criado em 1994, o PSF tem como objetivo atender de forma preventiva a população de uma determinada região, oferecendo atendimento básico como saúde bucal, diabetes e hipertensão, pré-natal, nutrição, entre outros.
Consulta dura 15 minutos, diz médico
Com menos PSFs que o número ideal preconizado pelo Ministério da Saúde, as unidades ficam sobrecarregadas o que, segundo os profissionais do setor, compromete o atendimento.

Cada médico, segundo meta da Secretaria de Saúde, cumpre oito horas diárias de trabalho e precisa atender 32 pacientes. “São 15 minutos por consulta, isso não é medicina preventiva”, disse um médico ouvido pelo CORREIO de Uberlândia que pediu para não ser identificado. “Pelo que determina o Ministério da Saúde, um PSF é responsável por uma comunidade com 3,5 mil pessoas da região. Mas a nossa área tem quase 5 mil”, disse outro médico.

Durante visita a um PSF, por volta de 16h, a reportagem procurou pelo médico da unidade e descobriu que ele já tinha ido embora. “Ele fica até 17h, mas hoje teve um problema de saúde e pediu para sair mais cedo”, disse o enfermeiro coordenador da unidade, justificando que, naquele dia, o médico havia atendido 18 pacientes.

No entanto, o coordenador da rede municipal de Saúde, Adenilson Lima, afirma que as metas podem ser alcançadas sem dificuldade. “Não são casos complicados, por isso eles [os médicos] ainda podem fazer as visitas domiciliares e as reuniões com grupos de pacientes”, disse.
UFU cria residência em Medicina de Família
Além da falta de recursos para custear novas unidades do Programa de Saúde da Família (PSF), outra dificuldade enfrentada pelo município é a contratação de médicos com perfil para atuar no programa. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a rotatividade de profissionais é grande e, mesmo com um salário de R$ 7,3 mil por mês, dos 42 médicos que trabalham no setor, apenas oito estão no sistema desde agosto de 2003, quando os PSFs foram implantados em Uberlândia.

“Muitos se formam e ficam nos PSFs até passarem na prova de residência da UFU e depois vão embora”, disse o coordenador da rede municipal de Saúde, Adenilson Lima. Para tentar obter uma mudança no perfil dos profissionais, a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia (Famed/UFU) criou o programa de residência em Medicina de Família e Comunidade.

“São quatro vagas. A prova será no dia 12 de dezembro e os alunos começam a estudar em 1º de fevereiro. São dois anos de residência e desejamos que ele saia preparado para atender em qualquer equipe do PSF”, disse a professora do curso de Medicina da UFU, Rosuíta Fratari.
PSF em Minas
Cidades

População*
Equipes
Ideal
Salário

Monte Alegre de Minas
19.051
5
4
R$ 8,5 mil

Araguari
111.095
13
22
R$ 7,1 mil

Juiz de Fora
526.706
84
105
R$ 5 mil

Uberlândia
634.345
42
126
R$ 7,3 mil

(*) estimativa do IBGE 1º de julho 2009
Formação do PSF
1 médico
1 enfermeiro
1 auxiliar de enfermagem
6 agentes



www.movimentocidadefutura.org.br

domingo, 6 de dezembro de 2009

Festa rubro-negra na conquista do Brasileiro


O futebol carioca se redimiu dos fiascos no Campeonato Brasileiro. O Vasco conseguiu voltar á série A e conquistou o título d saérie B; o Fluminense, depois de estar com 98% de chances de rebaixamento, conseguiu uma arrancada espetacular e saiu da degola na última rodada. O Botafogo também reagiu e evitou o rebaixamento ao vencer o Palmeiras por 2 a 0 na rodada final.

A Festa do Rio foi coroada com o título do Flamengo, que cresceu de forma assustadora na reta final do certame, deixando na poeira os então favoritos como São Paulo e Palmeiras.

G1
Ronaldo Angelim costuma dizer que sua maior vaidade é assistir ao Flamengo vencer. Neste domingo, certamente está se sentindo vaidoso como nunca. E graças a uma cabeçada certeira dele. Com sofrimento e dificuldade até o fim, o Rubro-Negro venceu o Grêmio por 2 a 1, no Maracanã, e conquistou o Campeonato Brasileiro pela sexta vez.

Mas para acabar com o jejum de 17 anos sem conquista, o time e a torcida sofreram. Foram 90 minutos de agonia, sem jogar bem, mas que entraram para a história. Pressionado pela própria torcida para entregar e não ajudar o rival Inter, o Tricolor gaúcho entrou em campo com apenas três titulares. E não aliviou. Abriu o placar e tentou o empate até o fim.

Em tarde de Maracanã lotado, com quase 85 mil presentes, Adriano e Petkovic não brilharam. Nem a torcida. A aflição e a carência do título foram preponderantes para o estádio ficar calado, com os nervos à flor da pele, durante a maior parte do tempo. Euforia só nos gols de David e Ronaldo Angelim, que garantiram a conquista marcada pela reação de uma equipe que pulou da 14ª posição para a primeira. E o técnico Andrade, que assumiu como interino após a queda de Cuca na 14ª rodada antes de ser efetivado como comandante, foi o grande maestro deste feito. O Fla fechou o torneio com 67 pontos, dois a mais do que o vice Inter. O Tricolor gaúcho fecha o ano em oitavo, com 55.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Morre Dom Estevão Avelar


SITE DA CNBB
Faleceu na madrugada de hoje, 3, o bispo emérito de Uberlândia (MG), dom Estêvão Cardoso de Avelar. Seu corpo está sendo velado na catedral Santa Teresinha, no centro de Uberlândia. Missas são celebradas a cada duas horas. A última será às 20h, seguida de sepultamento do corpo na cripta da catedral.

“Dom Estêvão era um homem muito vivaz, empenhado na evangelização, na luta pela justiça e nas causas sociais em espírito de profunda fé”, disse o bispo diocesano de uberlândia, dom Paulo Francisco Machado.

Dom Estêvão fez 92 anos no dia 4 de novembro. Nascido na cidade mineira de Três Corações, foi ordenado padre em 6 de outubro de 1946, tendo feito seus estudos de filosofia no seminário de Mariana e de teologia na Ordem Dominicana, finalizados na França.

Ordenado bispo em 26 de setembro de 1971, dom Estêvão foi bispo prelado de Marabá e de Conceição do Araguaia, no estado do Pará. Em 1978 foi transferido para a diocese de Uberlândia até se tornar emérito em 1992. Foi também vice-presidente do Regional Leste 2 da CNBB (Minas Gerais e Espírito Santo). Seu lema era "Amou-os até o fim".

Antes de bispo, dom Estêvão foi mestre de noviços; prior do Convento de Belo Horizonte (MG); prior do Convento do Rio de Janeiro (RJ); mestre de Estudantes do Convento de São Paulo (SP).

“Dom Estêvão era um grande pregador. Foi ele quem imprimiu a marca da diocese de Uberlândia”, disse dom Paulo. Mesmo com a saúde debilitada, dom Estêvão fez questão de participar, no ano passado, da posse de dom Paulo em Uberlândia. “Ele saiu da celebração aplaudido pela multidão, o que demonstra como era querido pelo povo”, completou dom Paulo.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Jovens de 18 a 25 anos receberão vacina contra a Meningite

A Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais, determinou a vacinação em Araguari, dos jovens de 18 a 25 anos contra a Meningite. A imunização é em decorrência de três mortes pela doença e mais um paciente que se curou.

A vacinação gratuita será de 7 a 11 e de 14 a 18 de dezembro no Ginásio Poliesportivo General Mário Brun Negreiros, Av. Cel. Teodolino Pereira de Araújo, Centro, 8: às 17 horas. A Gerência Regional de Saúde estima vacinar 15.473 pessoas.

População a Vacinar: homens e mulheres de 18 a 25 anos – que deverão apresentar-se no local de vacinação munidos de documento de identificação (com foto), comprovante de residência no município de Araguari e o respectivo cartão de vacinação.

Objetivos: Conter a circulação da bactéria Neisseria Meningitides do sorogrupo C na população desta faixa etária e assim evitar a ocorrência de novos casos de Meningite Meningocócica pelo sorogrupo C no município de Araguari.

Juiz determina quebra de sigilo bancário de Prefeito e vice de Tupaciguara

megaminas
O juiz eleitoral Pedro Marcos Begatti determinou a quebra do sigilo bancário do prefeito de Tupaciguara Alexandre Berquó Dias e do vice Marcelo Carlos Féldner, referente aos meses de julho e outubro de 2008. A suspeita é de que eles tenham cometido crimes de distribuição de dinheiro para a compra de votos na última eleição. No processo há gravações e fotos que comprovariam o crime.

O juiz determinou que CD´s e DVD´s sejam enviados à Polícia Federal de Uberlândia para serem periciados e determinou, ainda, a abertura de inquérito policial para apurar os supostos crimes.

Por telefone, o prefeito Alexandre Berquó informou que assim que tiver conhecimento da decisão judicial vai pronunciar sobre o assunto. Já o vice prefeito não foi encontrado.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Senado aprova plebiscito sobre criação do estado do Carajás

G1
O plenário do Senado aprovou na noite desta terça-feira (1º) a realização de um plebiscito para decidir sobre a criação do estado do Carajás. A proposta terá de ser votada ainda pela Câmara.

De acordo com o relator da proposta, senador Valter Pereira (PMDB-MS), o novo estado seria criado com o desmembramento das regiões sul e sudeste do Pará. O estado do Carajás teria uma área de 285 mil km quadrados, 38 municípios e 1,3 milhão de habitantes.

Se aprovado pela Câmara, o plebiscito será realizado somente na região a ser desmembrada. Caberia ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) marcar a data da consulta popular.

“É bom destacar que o projeto não cria o estado. O que o Senado aprovou é a realização de um plebiscito para que a população decida”, disse Pereira.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

IPVA 2010 vai ser mais barato

Os contribuintes do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), relativo a 2010, estarão pagando, na sua grande maioria, um valor menor do que pagaram em 2009, em decorrência da queda registrada nos preços dos veículos usados. Essa queda já havia sido observada no final de 2008, quando a tabela divulgada para este ano apresentou valores menores do que de outros estados. Para 2010, os valores do IPVA em Minas caem um pouco mais e estarão, em média, 13,57% menores do que em 2009.

Para 2009, a Secretaria de Fazenda trabalha com uma expectativa de receita do IPVA da ordem de R$ 1,92 bilhão. De janeiro a novembro de 2008 foram arrecadados R$ 1,86 bilhão, considerando veículos novos e usados. Já a TRLAV (Taxa de Licenciamento), no valor de R$ 57,99 e devida por todos os veículos, tem sua arrecadação estimada em R$ 305 milhões para o próximo ano.

A partir desta terça-feira (1º), as agências dos bancos credenciados (Banco do Brasil, Bancoob, Bradesco, HSBC, Itaú-Unibanco, Mercantil do Brasil) já estarão em condições de receber o imposto. Para facilitar o pagamento, o contribuinte deve ter em mãos o número do Renavam. O interessado poderá ainda usar os terminais de autoatendimento e a internet dos bancos para quitar o imposto, bem como a Taxa de Licenciamento e o seguro obrigatório.

A primeira parcela ou parcela única vence no dia 18 de janeiro para os veículos com placa de final 1. A escala de vencimentos prossegue até o dia 29 do mesmo mês, obedecendo sempre o final de placa do veículo. Pagando à vista, o contribuinte terá um desconto de 3%. Poderá também parcelar em até três vezes (janeiro, fevereiro e março), sem direito ao desconto. O valor mínimo para pagamento do IPVA em parcelas iguais e consecutivas é de R$90,00.

Recurso

Caso o contribuinte discorde do valor do IPVA de seu veículo, ele tem prazo até o dia 12/01/2009 para entrar com pedido de revisão junto a uma unidade fazendária (em Belo Horizonte, na rua Rio de Janeiro, 341, e na unidade da Gameleira), apresentando cópias de no mínimo duas publicações especializadas. Analisado, o pedido pode ser deferido se a Secretaria de Fazenda apurar uma diferença superior a 10%.

Frota tributável

A Secretaria de Fazenda trabalha com uma frota tributável de 5,9 milhões de veículos em todo o Estado. São 450 mil veículos a mais em relação à frota de 2009. A apuração do valor venal, que serve de base para o cálculo do IPVA, foi feita por meio de pesquisa realizada pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) em outubro de 2009, sob a supervisão de técnicos da SEF/MG, considerando os veículos fabricados nos últimos dez anos (2000 a 2009).

Para veículos fabricados entre 1980 e 1999 serão considerados a base de cálculo e o imposto estabelecido para o mesmo tipo e modelo fabricado em 1999, reduzidos a cada ano a 90% para veículo com mais de 10 anos e até 20 anos de fabricação; a 95% para veículo com mais de 20 anos e até 30 anos; a partir do 31º ano os mesmos valores apurados para o mesmo tipo e modelo fabricados em 1980.

Os veículos movidos exclusivamente a álcool terão 30% de desconto na base de cálculo do IPVA. O contribuinte que não efetuar o pagamento do IPVA nos prazos estabelecidos estará sujeito à multa e juros calculados sobre o valor total do imposto ou das parcelas, conforme o caso. A multa é de 0.3% ao dia até o 30º dia; de 20% após o 30º dia; e a partir daí, aplica-se a taxa Selic.

IPVA em atraso

O contribuinte poderá acessar o Link: Www.fazenda.mg.gov.br e emitir a guia do IPVA contendo os acréscimos legais (multa e juros) dos exercícios de 2004 a 2009, consultar o valor do imposto através da digitação do número do Renavam ou pela marca/modelo do veículo e ainda consultar os serviços relacionados ao IPVA/TRLAV pelos links Link: http://www.fazenda.mg.gov.br/empresas/impostos/ipva, e Link: http://www.fazenda.mg.gov.br/empresas/taxas/taxalicenciament...).

Alíquotas do IPVA

As alíquotas do IPVA mantêm-se inalteradas, variando o percentual apenas em relação ao tipo do veículo, conforme relação abaixo:

4% - automóveis, veículos de uso misto e utilitários;

3% - caminhonetes de carga (picapes) e furgão;

2% - automóveis, veículos de uso misto e utilitários com autorização para transporte público, comprovado mediante registro no órgão de trânsito na categoria aluguel;

2% - motocicletas/similares;

1% - veículos de locadoras (pessoa jurídica);

1% - ônibus, microônibus, caminhão, caminhão-trator.

Facilidades

Para facilitar o atendimento aos contribuintes, a Secretaria de Fazenda está disponibilizando alguns meios, através dos quais será possível obter informações adicionais sobre o IPVA/2009.

As informações podem ser obtidas junto ao LIG-Minas (31) 0800-9402000, Central de Atendimento da SEF/MG (31) 3555-8866 e (31) 2128-8810, para região metropolitana de Belo Horizonte, outros estados e países. Para os contribuintes que residem no interior do estado o telefone é 0800-9420900.

Outros esclarecimentos podem ser obtidos também através dos sites Link: www.fazenda.mg.gov.br, e para informações sobre multa de trânsito, no site Link: www.detrannet.prodemge.gov.br.

sábado, 28 de novembro de 2009

Tecnólogos já podem obter seu registro profissional

site do CFA
O Conselho Federal de Administração (CFA) publicou no Diário Oficial da União desta sexta-feira, dia 13 de novembro, a Resolução Normativa que aprova o registro profissional nos Conselhos Regionais de Administração (CRAs) dos diplomados em cursos superiores de tecnologia.

Os profissionais já podem entrar em contato com os Conselhos Regionais de Administração de sua região para obter mais informações sobre o registro profissional. A autarquia debate agora os mecanismos de operacionalização deste processo.

Para regulamentar sua atuação, o profissional deve ter formação em um dos cursos de Graduação em Tecnologia relacionados à área da Administração descritos Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia (http://catalogo.mec.gov.br) e estar atuando nos campos profissionais relacionados à área.

Nos últimos anos, cresceu significativamente a procura pelos cursos Graduação em Tecnologia. O perfil dos alunos mudou e, com isso, surgiram outros nichos e áreas onde estes profissionais podem atuar no mercado de trabalho.

Com a finalidade de orientar e disciplinar o exercício da profissão de Administrador, conforme descrito na Lei nº 4.769/65, o CFA tem a responsabilidade de regulamentar e fiscalizar a atuação profissional nos campos da Administração. Neste sentido, a regulamentação dos diplomados em cursos superiores de tecnologia faz parte da preocupação da autarquia, por se tratarem de profissionais atuantes na área. Da mesma forma, o registro profissional de tecnólogos demonstra o apoio do CFA a uma demanda do Ministério da Educação ao que se refere à implementação da política da educação profissional e tecnológica no país.

Acesse a Resolução Normativa nº 373, de 12/11/09, e a Resolução Normativa nº 374, de 12/11/09, e entenda melhor o processo de regulamentação dos diplomados em cursos superiores de tecnologia.

Lilian Saldanha
Jornalista

Campanha de vacinação contra meningite C em Minas Gerais acontece hoje

G1
Crianças com idades entre 3 e 23 meses devem receber a dose.
Vacina é de graça e não tem contra indicação.

Postos de saúde de Minas Gerais realizam neste sábado (28) a primeira campanha de vacinação do estado contra a meningite meningocócica C. A vacina é de graça e não tem contra indicação.


Crianças com idades entre 3 e 23 meses devem receber a dose em qualquer um dos 7,3 mil postos fixos e volantes de vacinação, que vão atender de 8h às 17 horas, nos 853 municípios mineiros. Em Belo Horizonte estão 217 postos.


A Secretaria de Saúde espera que a campanha imunize cerca de 540 mil bebês. Cerca de 800 mil doses foram adquiridas.

domingo, 22 de novembro de 2009

Jovem que matou policial militar em Araguari é executado com sete tiros

patrocinioonline

Especial para o POL Luiz Muílla – Gazeta do Triângulo de Araguari

Três semanas após deixar a prisão, Fabrício Dias da Silva, de 25 anos, é executado a tiros, em Araguari. O crime ocorreu por volta das 21h desta sexta-feira, 20, na rua Padre Nicácio esquina com Bela Vista, no Bairro Amorim, distante cerca de 500 metros do local onde Fabrício matou o soldado da Nona Companhia de Polícia Militar Independente, Anderson José Fagundes, no dia 28 de abril do ano passado.

Segundo relato de testemunhas à polícia, dois homens passaram em uma motocicleta, sem maiores dados, e atiraram várias vezes contra Fabrício Dias, que se encontrava na porta de um bar. “Estava esquentando salgados no microondas, quando escutei o barulho dos tiros e vi o rapaz caindo e perdendo muito sangue. Não deu para notar quem fez isso”, contou o proprietário do estabelecimento.

Os bombeiros foram acionados, mas não acharam sinais vitais na vítima, que apresentava sete perfurações pelo corpo, quatro abaixo do braço esquerdo. A polícia não encontrou projéteis deflagrados no local dos fatos, no entanto, acredita que os disparos partiram de um revólver calibre 38.

“Ainda é prematuro afirmar a motivação do crime, mas, pelas características, pode ter ocorrido mais um acerto de contas entre rivais, até porque Fabrício era suspeito de participação em assaltos recentes no município”, declarou o delegado Fernando de Campos Storti, responsável pelo plantão na noite desta sexta-feira.

Segundo apurou a Gazeta do Triângulo, desde que deixou a prisão, Fabrício transitava normalmente pela cidade e teria sido reconhecido por algumas vítimas de assaltos. Ele estava morando na Rua Guanabara, no Bairro Amorim.

CONDENAÇÃO E FALHA

Fabrício Dias da Silva, também conhecido por Salgadinho, deixou o Presídio Regional Sebastião Satiro, de Patos de Minas, junto com Tarcisio Paulo Silva, no final de outubro passado. Eles ficaram recolhidos por 17 meses no Alto Paranaíba, após transferência do Presídio de Araguari.

O Ministério Público denunciou Fabrício e Tarcisio pela morte do soldado Anderson José Fagundes, durante assalto em um supermercado. O PM se encontrava à paisana e foi assassinado na frente de seu filho de 8 anos, que o aguardava dentro de um automóvel.

Os réus foram condenados por latrocínio (roubo seguido de morte) a 22 e 20 anos de reclusão, respectivamente, porém os advogados apelaram ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais, alegando nulidade do processo em face da falta de intimação da defesa para o interrogatório dos acusados e demais atos seguintes.

O relator da apelação acolheu o pedido dos defensores Cristiano Cardoso Gonçalves, Cláudia Lima Vinhal e Manuel Gonzaga de Oliveira Júnior, anulando o processo a partir do interrogatório dos acusados e teve seu voto acompanhado pelos demais membros da Terceira Câmara Criminal do TJMG. Em ato contínuo, determinou a soltura imediata dos réus. Os alvarás foram expedidos no dia 21 outubro em Belo Horizonte.

Os acusados foram interrogados pelo juízo da Comarca de Patos de Minas mediante expedição de Carta Precatória, sendo que a defesa não foi intimada para a audiência, tendo sido nomeado advogado dativo para o ato.

Morre em São Paulo ex-prefeito Celso Pitta


O corpo do ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta (PTB) foi enterrado por volta das 17h30 deste sábado (21) no cemitério Getsêmani, na capital paulista.


Pitta morreu às 23h50 de sexta-feira (20), no Hospital Sírio-Libanês em decorrência de um câncer disseminado no intestino.

O corpo do ex-prefeito foi velado na Assembleia Legislativa de São Paulo até 16h15. Dois filhos de Pitta, Roberta e Vítor, chegaram à Assembleia por volta de 15h45 e acompanharam o fim do velório. Eles também compareceram à rápida cerimônia do enterro.

A mãe do ex-prefeito, Zuleica Pitta, de 89 anos, a mulher, Rony Golabek, e uma sobrinha também acompanham o velório. A ex-mulher de Pitta, Nicéia, não compareceu ao velório ou ao enterro.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Araguari se destaca na evolução do emprego em outubro

Em outubro, conforme dados do Caged, órgão do Ministério do Trabalho, evoluiu bem o emprego no município de Araguari. As contratações no mês somaram 920, contra 700 demissões, dando um saldo positivo de 220 empregos. Foi o melhor mês de 2009. Os setores que mais contrataram foram: indústria de transformação, serviços e comércio. No ano foram 9220 contratações contra 8.421 desligamentos.

O quadro mostra a recuperação do emprego no município depois de um quadro estável no primeiro semestre. Em termos de região, Araguari pelo saldo de empregos apresentados em outubro, teve melhor desempenho do que: Monte Carmelo, Patos de Minas, Patrocínio. Ituiutaba e Paracatu.

Em relação a Goiás, Araguari também superou de longe Caldas Novas com 55 empregos negativos; superou também Catalão que teve apenas 13 empregos positivos.

O resultado demonstra que Araguari tem uma economia equilibrada, alicerçada em diferentes setores, sentindo menos o impacto das crises econômicas.

domingo, 15 de novembro de 2009

120 anos da Proclamação da República

Hoje, não fosse domingo, seria feriado nacional de 15 de novembro. A data neste 2009 tem uma marca especial: completamos 120 anos da República Brasileira. A conquista se deu em 1889, após um golpe militar comandando pelo Marechal Deodoro da Fonseca. Este foi o recente acontecimento do país no sentido de sair definitivamente das amarras da Corte Portuguesa. Há de se destacar a importância da maçonaria brasileira neste acontecimento, pois Deodoro da Fonseca e todo seu ministério empossado naquela data era formado de maçons.

Apesar de pouco comemorada, a data se reveste de grande importância na história política do país. A partir desta data o país iniciou a abertura democrática, a implantação do trabalho assalariado e o fim da escravidão, o surgimento de novos partidos políticos, a abertura da imigração européia e o inicio da modernização do país.
O movimento de 15 de Novembro de 1889 não foi o primeiro a buscar a República, embora tenha sido o único efetivamente bem-sucedido, e, segundo algumas versões, teria contado com apoio tanto das elites nacionais e regionais quanto da população de um modo geral:
• Em 1788-1789, a Inconfidência Mineira e Tiradentes não buscavam apenas a independência, mas também, a proclamação de uma república, seguida de uma série de reformas políticas, econômicas e sociais;
• Em 1824, diversos estados do Nordeste criaram um movimento independentista, dentre elas a Confederação do Equador, igualmente republicana;
• Em 1839, na esteira da Revolução Farroupilha, proclamaram-se a República Rio-grandense e a República Juliana, respectivamente no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.
No que se refere ao 15 de Novembro, embora se argumente que não houve participação popular no movimento que mudou o regime, o fato é que também não houve manifestações populares de apoio à monarquia, ao imperador ou de repúdio ao novo regime.
Alguns pesquisadores argumentam que, caso a monarquia fosse "popular" - o que não era - haveria movimentos contrários à república em seguida, além da Guerra de Canudos. Entretanto, segundo alguns pesquisadores, o que ocorreu foi uma crescente conscientização a respeito do novo regime e sua comemoração pelos mais diferentes setores da sociedade brasileira. Versão oposta é dada pela pesquisadora, Maria de Lourdes Mônaco Janoti, no livro "Os subversivos da República", que mostra o medo dos republicanos, nas primeiras décadas da república, em relação a uma possível restauração da monarquia no Brasil, e mostra ela, também, em seu livro, a repressão forte, por parte dos republicanos, a toda tentativa de se organizar grupos políticos monárquicos naquela época.
Neste sentido, um caso notável de resistência à república foi o do líder abolicionista José do Patrocínio, que, entre a abolição da escravatura e a proclamação da República, manteve-se fiel à monarquia, não por uma compreensão das necessidades sociais e políticas do país, mas, romanticamente, apenas devido a uma dívida de gratidão com a princesa Isabel. Aliás, nesse período de aproximadamente 18 meses, José do Patrocínio constituiu a chamada "Guarda Negra", que eram negros alforriados organizados para causar confusões e desordem em comícios republicanos, além de espancar os participantes de tais comícios.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Acidente deixa 25 pessoas feridas no Triângulo Mineiro

UAI
Vinte e cinco pessoas ficaram feridas em um acidente na madrugada desta quarta-feira (11/11) na BR 050, no Triângulo Mineiro. De acordo com a Polícia Rodoviaria Federal, por volta de 1h30, um micro-ônibus com sindicalistas de Campinas (São Paulo) bateu de frente com uma caminhonete na altura do km 70, próximo da ponte na divisa entre Uberlândia e Araguari.

Os sindicalistas iam para Brasília. Segundo os bombeiros de Araguari, as 25 pessoas tiveram ferimentos leves e foram atendidas em hospitais de Uberlândia. A PRF informa que a rodovia já foi liberada e o trafego flui sem problemas.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Obama, faça um SUS: é barato, de qualidade e universal

Do blog do Planalto

“Na próxima conversa que tiver com o Obama vou sugerir que faça um SUS. Obama, faça o SUS: custa mais barato, é de qualidade e é universal.”

(Presidente Lula) ao se referir sobre a nossa saúde brasileira, que segundo ele, custa barato e tem qualidade.


E todos estão aplaudindo .....................

sábado, 7 de novembro de 2009

FHC dispara contra Lula

Leia na íntegra artigo publicado em vários jornais do país no último dia 1°

Para onde vamos?
Por Fernando Henrique Cardoso


A enxurrada de decisões governamentais esdrúxulas, frases presidenciais aparentemente sem sentido e muita propaganda talvez levem as pessoas de bom senso a se perguntarem: afinal, para onde vamos? Coloco o advérbio “talvez” porque alguns estão de tal modo inebriados com “o maior espetáculo da Terra”, de riqueza fácil que beneficia poucos, que tenho dúvidas. Parece mais confortável fazer de conta que tudo vai bem e esquecer as transgressões cotidianas, o discricionarismo das decisões, o atropelo, se não da lei, dos bons costumes. Tornou-se habitual dizer que o governo Lula deu continuidade ao que de bom foi feito pelo governo anterior e ainda por cima melhorou muita coisa. Então, por que e para que questionar os pequenos desvios de conduta ou pequenos arranhões na lei?
Só que cada pequena transgressão, cada desvio vai se acumulando até desfigurar o original. Como dizia o famoso príncipe tresloucado, nesta loucura há método. Método que provavelmente não advém do nosso príncipe, apenas vítima, quem sabe, de apoteose verbal. Mas tudo o que o cerca possui um DNA que, mesmo sem conspiração alguma, pode levar o País, devagarzinho, quase sem que se perceba, a moldar-se a um estilo de política e a uma forma de relacionamento entre Estado, economia e sociedade que pouco têm que ver com nossos ideais democráticos.
É possível escolher ao acaso os exemplos de “pequenos assassinatos”. Por que fazer o Congresso engolir, sem tempo para respirar, uma mudança na legislação do petróleo mal explicada, mal-ajambrada? Mudança que nem sequer pode ser apresentada como uma bandeira “nacionalista”, pois, se o sistema atual, de concessões, fosse “entreguista”, deveria ter sido banido, e não foi. Apenas se juntou a ele o sistema de partilha, sujeito a três ou quatro instâncias político-burocráticas para dificultar a vida dos empresários e cevar os facilitadores de negócios na máquina pública. Por que anunciar quem venceu a concorrência para a compra de aviões militares, se o processo de seleção não terminou? Por que tanto ruído e tanta ingerência governamental numa companhia (a Vale) que, se não é totalmente privada, possui capital misto regido pelo estatuto das empresas privadas? Por que antecipar a campanha eleitoral e, sem nenhum pudor, passear pelo Brasil à custa do Tesouro (tirando dinheiro do seu, do meu, do nosso bolso…) exibindo uma candidata claudicante? Por que, na política externa, esquecer-se de que no Irã há forças democráticas, muçulmanas inclusive, que lutam contra Ahmadinejad e fazer mesuras a quem não se preocupa com a paz ou os direitos humanos?
Pouco a pouco, por trás do que podem parecer gestos isolados e nem tão graves assim, o DNA do “autoritarismo popular” vai minando o espírito da democracia constitucional. Esta supõe regras, informação, participação, representação e deliberação consciente. Na contramão disso tudo, vamos regressando a formas políticas do tempo do autoritarismo militar, quando os “projetos de impacto” (alguns dos quais viraram “esqueletos”, quer dizer, obras que deixaram penduradas no Tesouro dívidas impagáveis) animavam as empreiteiras e inflavam os corações dos ilusos: “Brasil, ame-o ou deixe-o.” Em pauta temos a Transnordestina, o trem-bala, a Norte-Sul, a transposição do São Francisco e as centenas de pequenas obras do PAC, que, boas algumas, outras nem tanto, jorram aos borbotões no Orçamento e mínguam pela falta de competência operacional ou por desvios barrados pelo Tribunal de Contas da União. Não importa, no alarido da publicidade, é como se o povo já fruísse os benefícios: “Minha Casa, Minha Vida”; biodiesel de mamona, redenção da agricultura familiar; etanol para o mundo e, na voragem de novos slogans, pré-sal para todos.
Diferentemente do que ocorria com o autoritarismo militar, o atual não põe ninguém na cadeia. Mas da própria boca presidencial saem impropérios para matar moralmente empresários, políticos, jornalistas ou quem quer que seja que ouse discordar do estilo “Brasil potência”. Até mesmo a apologia da bomba atômica como instrumento para que cheguemos ao Conselho de Segurança da ONU – contra a letra expressa da Constituição – vez por outra é defendida por altos funcionários, sem que se pergunte à cidadania qual o melhor rumo para o Brasil. Até porque o presidente já declarou que em matéria de objetivos estratégicos (como a compra dos caças) ele resolve sozinho. Pena que se tenha esquecido de acrescentar: “L”État c”est moi.” Mas não se esqueceu de dar as razões que o levaram a tal decisão estratégica: viu que havia piratas na Somália e, portanto, precisamos de aviões de caça para defender o “nosso pré-sal”. Está bem, tudo muito lógico.
Pode ser grave, mas, dirão os realistas, o tempo passa e o que fica são os resultados. Entre estes, contudo, há alguns preocupantes. Se há lógica nos despautérios, ela é uma só: a do poder sem limites. Poder presidencial com aplausos do povo, como em toda boa situação autoritária, e poder burocrático-corporativo, sem graça alguma para o povo. Este último tem método. Estado e sindicatos, Estado e movimentos sociais estão cada vez mais fundidos nos altos-fornos do Tesouro. Os partidos estão desmoralizados. Foi no “dedaço” que Lula escolheu a candidata do PT à sucessão, como faziam os presidentes mexicanos nos tempos do predomínio do PRI. Devastados os partidos, se Dilma ganhar as eleições sobrará um subperonismo (o lulismo) contagiando os dóceis fragmentos partidários, uma burocracia sindical aninhada no Estado e, como base do bloco de poder, a força dos fundos de pensão. Estes são “estrelas novas”. Surgiram no firmamento, mudaram de trajetória e nossos vorazes, mas ingênuos capitalistas recebem deles o abraço da morte. Com uma ajudinha do BNDES, então, tudo fica perfeito: temos a aliança entre o Estado, os sindicatos, os fundos de pensão e os felizardos de grandes empresas que a eles se associam.
Ora, dirão (já que falei de estrelas), os fundos de pensão constituem a mola da economia moderna. É certo. Só que os nossos pertencem a funcionários de empresas públicas. Ora, nessas, o PT, que já dominava a representação dos empregados, domina agora a dos empregadores (governo). Com isso os fundos se tornaram instrumentos de poder político, não propriamente de um partido, mas do segmento sindical-corporativo que o domina. No Brasil os fundos de pensão não são apenas acionistas – com a liberdade de vender e comprar em bolsas -, mas gestores: participam dos blocos de controle ou dos conselhos de empresas privadas ou “privatizadas”. Partidos fracos, sindicatos fortes, fundos de pensão convergindo com os interesses de um partido no governo e para eles atraindo sócios privados privilegiados, eis o bloco sobre o qual o subperonismo lulista se sustentará no futuro, se ganhar as eleições. Comecei com para onde vamos? Termino dizendo que é mais do que tempo de dar um basta ao continuísmo, antes que seja tarde.




Fernando Henrique Cardoso, sociólogo, foi presidente da República.

Fonte O Globo

Morre Anselmo Duarte, o Tenente do Filme dos Irmãos Naves




Acabando de ler matéria sobre o sucesso da peça "O Caso dos Irmãos Naves" no jornal Contudo abro a internet e me deparo com a notícia da morte do ator e cineasta Anselmo Duarte. na madrugada deste sábado. Lembrei-me então de sua participação no fime histórico e real filmado em Araguari, como o carrasco Tenente.
Anselmo Duarte, 89 anos, o Tenente do Filme "O caso dos Irmãos Naves" morreu neste sábado em São Paulo. O filme rodado em 1967 foi bastante premiado no Brasil e no exterior, entre 1968 e 1973.

O Caso dos Irmãos Naves
O Caso dos Irmãos Naves, Brasil, 1967)

Títulos Alternativos: Case of the Naves Brothers
Gênero: Drama
Duração: 92 min.
Palavras-Chaves: Fuga, Sócio, Parente, mais...
Distribuidora(s): Globo Vídeo, MC Produção e Distribuição Cinematográfica
Produtora(s): Lauper Filmes Ltda., MMP, MC Produção e Distribuição Cinematográfica

Diretor(es): Luís Sérgio Person
Roteirista(s): João Alamy Filho, Jean-Claude Bernardet, Luís Sérgio Person
Elenco: Anselmo Duarte, Raul Cortez, Juca de Oliveira, Sérgio Hingst, John Herbert (1), Lélia Abramo, Cacilda Lanuza, Julia Miranda (1), Hiltrud Holz, João Quinca, Sebastião Campos (1), Milton de Lima Filho, José Ferreira de Melo, Marinho Bittencourt, Juvenal de Freitas


O diretor e ator Anselmo Duarte morreu aos 89 anos devido a complicações de um AVC na madrugada deste sábado, 7. Ele foi internado na noite do dia 16 de outubro no Hospital Universitário da USP com um quadro grave: insuficiência renal, isquemia do miocárdio e anemia causada por infecção urinária. Dois dias depois foi transferido para o InCor e, de lá, para o Hospital das Clínicas, onde faleceu.
Além de ter sido um dos maiores galãs do cinema nacional, Anselmo dirigiu O Pagador de Promessas, o único filme brasileiro que conquistou a Palma de Ouro de 1962 no Festival de Cannes, na França, um dos mais importantes do mundo, e do qual foi membro do júri em 1971. O Pagador de Promessas, baseado em peça de Dias Gomes, também foi finalista do Oscar do ano. O filme tem um elenco de astros e estrelas do cinema nacional que despontavam nos anos 60, como Leonardo Villar, Glória Menezes, Norma Bengell, Dionísio Azevedo, Othon Bastos, Geraldo del Rei, Antonio Pitanga e outros.
O cineasta que nasceu na cidade de Salto, no interior de São Paulo, começou sua carreira no cinema com ator, ao se mudar para o Rio de Janeiro, nos anos 40. Atuou em várias produções da Atlântida, como Carnaval no Fogo, uma comédia musical sobre um plano de assalto ao Copacabana Palace, em que contracenava com Oscarito e Grande Otelo, além de assinar o argumento do filme. Fez também Aviso aos Navegantes, sobre uma companhia teatral excursionando em navio luxuoso, em que atuou com a mesma dupla em filme de igual diretor: Watson Macedo. Foi com Macedo que ele aprendeu a dirigir e escreveu roteiros e argumentos.

O galã fez carreira também na Vera Cruz paulista, contracenando com Tônia Carreiro em Tico-Tico no Fubá. Fez uma comédia de sucesso em 1957 com Dercy Gonçalves, Absolutamente Certo. Atuou ainda em Apassionata e Veneno, entre outros.

Roteirista:

O Caçador de Esmeraldas (1979)

O Crime do Zé Bigorna (1977)

Já Não Se Faz Amor Como Antigamente (1976)

Ninguém Segura Essas Mulheres (1976)

O Descarte (1973)

Independência ou Morte (1972)

Um Certo Capitão Rodrigo (1971)


O Impossível Acontece (1969)

Quelé do Pajeú (1969)

Vereda de Salvação (1964)

O Pagador de Promessas (1962)
As Pupilas do Senhor Reitor (1961)
Absolutamente Certo (1957)

Depois Eu Conto (1956)

Carnaval em Marte (1955)

Amei um Bicheiro (1952)
Carnaval no Fogo (1949)



Ator:

Brasa Adormecida (1987)

Tensão no Rio (1982)

Feijão Maravilha (1979)

Embalos Alucinantes (1978)


Paranóia (1976)

Já Não Se Faz Amor Como Antigamente (1976)

Ninguém Segura Essas Mulheres (1976)

A Casa das Tentações (1975)

A Noiva da Noite (1974)

O Marginal (1974)

Independência ou Morte (1972)


A Madona de Cedro (1968)

Juventude e Ternura (1968)

O Caso dos Irmãos Naves (1967)

A Espiã Que Entrou em Fria (1967)

As Pupilas do Senhor Reitor (1961)

Un rayo de luz (1960)


O Cantor e o Milionário (1958)

Absolutamente Certo (1957)

Arara Vermelha (1957)

Depois Eu Conto (1956)

O Diamante (1956)

Carnaval em Marte (1955)

Sinfonia Carioca (1955)

Sinhá Moça (1953)


Veneno (1952)

Apassionata (1952)

Tico-Tico no Fubá (1952)

Maior Que o Ódio (1951)

Aviso aos Navegantes (1950)

A Sombra da Outra (1950)

Pinguinho de Gente (1949)

O Caçula do Barulho (1949)

Carnaval no Fogo (1949)

Terra Violenta (1948)

Inconfidência Mineira (1948)

Querida Susana (1947)

Não Me Digas Adeus (1947)

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Viagens, viagens, viagens, viagens..........

Muito estranha a forma de nossos políticos fazerem política. Viajam, fazem pose para fotos com autoridades dos três poderes, que são publicadas em jornais locais. No entanto, tais viagens não redundam em nenhum tipo de benefício para a cidade e seus munícipes.

Esta mania torna-se cada dia mais evidente, deixando as pessoas mais esclarecidas um tanto quanto enojadas com tais procedimentos. São autoridades do executivo e do legislativo que usam e abusam do nosso dinheiro para realizar tais viagens,mas poucos são os resultados.

O povo está de olho em tudo isso, engolindo seco, em silêncio; mas com certeza aguadando a hora certa para dar o troco.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Homem morre soterrado por soja em Araguari

Manoel de Sousa Santana, conhecido como "Durão" 41 anos de idade, foi vítima de um acidente de trabalho no final da manhã desta terça-feira (03.11), na empresa Selecta. Ele morreu soterrado por uma carga de soja em Araguari. O trabalhador fazia a limpeza de um reservatório que recebia soja a granel no momento do acidente.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima ficou soterrada por três metros de soja, no moimento do descarregamento de uma carga do grão. Quando as equipes chegaram ao local, que fica às margens da LMG-029, rodovia Araguari-Indianópolis, ele já tinha morrido asfixiado.

O corpo de Manoel foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Araguari.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Associação de Magistrados quer alterar nomeação para STF

O TEMPO
A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) deve apresentar na próxima quarta-feira (3) ao Congresso uma proposta de emenda à Constituição que altera o sistema de indicação de ministros para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo a AMB, o modelo atual, que confere exclusividade ao presidente da República na composição da corte, se reveste de inquestionável interferência política. Em seus dois mandatos, o presidente Lula já nomeou 8 dos 11 ministros do STF e mais de 50% dos quadros dos outros tribunais superiores - o Superior Tribunal de Justiça, o Tribunal Superior do Trabalho e o Superior Tribunal Militar.


Para Mozart Valadares, presidente da Associação dos Magistrados, o modo de acesso vigente há muitos anos lança dúvidas sobre a independência e a imparcialidade do Judiciário.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Embaixador do Quênia morre em Uberaba durante missão coordenada pelo Ministério da Agricultura

Agência Brasil

O embaixador do Quênia no Brasil, Pius Namchanja, faleceu nessa quinta-feira em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Ele participava de uma missão organizada pelo Ministério da Agricultura para apresentar a 28 diplomatas estrangeiros o potencial da pecuária leiteira e de corte propiciado pelo melhoramento genético da raça zebu.

De acordo com o ministério, Namchanja sentiu-se mal no fim da tarde de ontem, após visita à sede da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e a uma central de inseminação artificial, e foi levado imediatamente ao Hospital Escola da Universidade Federal do Triângulo (UFTM).

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse nesta sexta-feira, em nota à imprensa, que sente a morte do diplomata e "se associa ao luto da família do embaixador, do corpo diplomático e das autoridades do Quênia, além de seus pares".

A Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, que coordena a missão em Uberaba, informou que forneceu o apoio necessário ao diplomata e à Embaixada do Quênia, além de adotar as providências legais, junto com o Ministério das Relações Exteriores, para atestar a morte de Namchanja, que sofreu um ataque cardíaco.

Stephanes destacou que o Quênia é um parceiro brasileiro e lembrou que Namchanja tinha uma pauta voltada para a cooperação agrícola com o Brasil, e por isso integrava a comitiva para conhecer os possíveis negócios no setor.

UNIPAC Campus Araguari abre inscrições para o Vestibular 2010

A UNIPAC/Araguari abru o período de inscrições para o Processo Seletivo 2010/01. A instituição oferece vagas para todos os 15 cursos do seu Campus local. As inscrições poderão ser feitas pela internet no site www.unipacaraguari.edu.br ou no protocolo da instituição. Para Medicina até 16/11 e para os outros cursos até 28/11.

Como nos vestibulares anteriores, a prova, em única etapa, para o curso de Medicina vai ser aplicada antes: no dia 18 de novembro, às 13h. Para os demais cursos será no dia 29 de novembro, 9h.

Para realizar a inscrição o candidato deverá apresentar foto 5 X7 ou 3X4 recente; documentos de identidade e CPF original e Xerox e comprovante de pagamento da taxa de inscrição.

A divulgação dos resultados está prevista para os dias 30/11 – Medicina; e dia 03/12 os demais cursos oferecidos.

Outras informações poderão ser obtidas na instituição pelo fone 34 - 3249-3900.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Lula deixa municípios à míngua

Em R$
ARAGUARI
2.297.936,52 SET/2008
2.105.055,75 SET/2009

CASCALHO RICO
336.899,56 SET/ 2008
292.134,30 SET/2009


ESTRELA DO SUL
359.102,48 SET/2008
312.462,94 SET/2009


MONTE CARMELO
1.255.646,14 SET/ 2008
1.143.046,46 SET/2009


ROMARIA
368.964,57 SET/ 2008
278.765,60 SET/2009


O quadro acima mostra situação de arrecadação dos municípios da nossa região, no que se refere aos repasses federais de FPM, ITR, FUNDEB.

Tomamos como base o mês de setembro, numa comparação entre 2008 e 2009. E fica claro que o governo federal impõe aos municípios uma dura realidade. A situação é mais complicada nos municípios médios e pequenos. Veja o caso de Romaria, que em apenas um mês, a receita federal teve queda de cerca de 90 mil reais.

Esta situação tem representado um duro golpe para os municípios brasileiros, que vê suas ações amarradas pela absoluta ausência de recursos.

Ao olhar dentro dos olhos dos atuais gestores dá pra sentir a desolação de cada um com esta situação, que impede qualquer inicio de obras ou ação diferente. Uma ducha fria no primeiro ano de mandato para muitos prefeitos.

Isso é reflexo do descontrole das contas públicas do governo federal, que não consegue mais conter seus gastos. Gasta-se à vontade em quase todas as áreas, principalmente com a contratação excessiva de funcionários públicos e publicidade.

Enquanto isso, aqui no município, os cortes de receitas abalam as administrações que têm dificuldades até para pagar as folhas de pagamento. O 13° está comprometido e alguns municípios, como é o caso de Araguari. O município já se antecipou com a busca de empréstimo para não deixar o servidor na mão.

Agora, vimos o anuncio da prorrogação dos descontos de IPI para os produtos da chamada linha branca. Descontos esses que refletem na manutenção da demanda, mas que penaliza os municípios, pois grande parte desses recursos com o IPI somam no FPM. Isto quer dizer que o governo federal tenta manter a economia acesa retirando recursos dos municípios.

Será que esse é o caminho? Acredito que não. Ao alardear que está com dinheiro para emprestar para o FMI, Lula faz figa com o dinheiro do povo e ao mesmo tempo dá uma banana para os municípios e para quem neles habita. O chefe da Nação coloca todos os gestores de joelhos com o pires n mão.

Trecho da BR-050 passa a se chamar "Chico Xavier"

Falecido em 30 de junho de 2002 o médium Chico Xavier recebeu homenagem do Planalto.
O presidente da República em exercicio, José de Alencar, sancionou nesta quinta-feira, 29.10, a lei que dá denominação ao trecho da rodovia da divisa com São Paulo (Delta) até Uberlândia de rodovia "Chico Xavier".

Participaram da solenidade em Brasília, o filho adotivo de Chico Xavier, Eurípedes Higino, João Franco, secretário municipal que representou o prefeito de Uberaba, Anderson Adauto, o deputado federal Aelton Freitas, que é o autor da lei, além de vereadores e outras autoridades.

Francisco Cândido Xavier (Pedro Leopoldo, 2 de abril de 1910 – Uberaba, 30 de junho de 2002), mais conhecido popularmente por Chico Xavier, foi um médium brasileiro e célebre divulgador do Espiritismo no Brasil.A mediunidade psicográfica de Xavier começou a engatinhar para novos caminhos quando fora descoberta por uma professora, de nome D. Rosália, que lia seus textos escritos após alguns passeios. A professora mostrava a amigos íntimos que, de forma unânime, concordavam entre si que os textos ou eram copiados ou eram de bons espíritos, já que a maioria falava sobre o amanhecer, por exemplo, com conclusões evangélicas.

A rejeição do projeto de empréstimo na Câmara

Vejo com preocupação as bravatas em torno da não aprovação do projeto de empréstimo para a compra de máquinas para o município, no valor R$3 milhões. Sem querer entrar no mérito da questão, acho que as coisas precisam ser encaradas com mais naturalidade pelo poder Executivo. É preciso ter em mente um plano B, sempre.

Lamuriar por aí não levará ninguém a nada. Fazer jogo político imputando a responsabilidade aos três vereadores que não votaram com o prefeito talvez, momentaneamente, possa servir de defesa, num ato de lavar as mãos, como esse fosse o nosso único problema.

Se um empresário perdeu um bom cliente é lamentável, mas nem por isso ficar por aí lamentando vai resolver o problema. É preciso correr atrás de outro cliente para tentar minimizar o impacto.

Não queremos mais o óbvio, o mundo não trabalha mais assim. É preciso usar a criatividade e buscar os caminhos para a superação dos desafios. Da mesma forma a Administração Pública deve agir visando com isso tentar superar as adversidades.

Jogar pedra nos 3 vereadores não resolverá o problema, apenas os colocarão mais raivosos e prontos para novos embates, que precisam ser evitados. Contudo, no jogo democrático, sempre vai existir o contraditório.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Chuva torrencial atinge Araguari

Uma chuva forte no final da manhã desta segunda-feira (26/10) com cerca de 30 minutos apenas foi o bastante para provocar estragos na cidade. O programa Salada Mista, que comandamos, no horário das 12h às 13h, na Rádio Araguari, tratou basicamente do assunto. Os repórteres Lucas Thiago e Rudi Lacerda percorreram vários setores da cidade e registraram a agonia de várias famílias, que tiveram suas casas invadidas pela força das águas.

Os pontos mais atingidos pelas inundações foram: Bairro Aeroporto, rua São Luiz; Bairro Independência, próximo ao CAIC; Bairro Goiás, e na região central ruas Brasil Accioly e Coronel José Ferreira Alves.

O Corpo de Bombeiros foi acionado diversas vezes e alguns secretários da Prefeitura, acompanhados pela reportagem da Rádio Araguari, foram até os locais da inundação verificar “in loco” a situação provocada pelas águas. Não houve vítimas, apenas danos materiais, onde as pessoas perderam móveis, computadores e até veículos.

Esta foi considerada a chuva mais forte do ano na cidade, mesmo com pouca duração, caindo torrencialmente na cidade. A defesa civil alerta para outros temporais daqui até janeiro.

domingo, 25 de outubro de 2009

Batida entre carreta e ônibus mata 10 pessoas e fere 28 em Minas

UAI
Um grave acidente na madrugada deste domingo matou pelo 10 pessoas e feriu 28 na BR-116, em Catují, no Vale do Jequitinhonha. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 3h30, a carreta placa de MIN – 8400, de Videira (SC) invadiu a contramão e bateu na lateral do ônibus da Viação Itamperim, que seguia de Salvador para o Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com a polícia, a região do acidente é um trecho sinuoso, o que teria contribuído para a colisão. Segundo testemunhas, o motorista da carreta, Altair Antônio Friederich, 40 anos, perdeu o controle em uma curva, tombou e o baú do veículo atingiu o ônibus.

Os feridos, sendo quatro com lesões graves, foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e, em seguida, levados para o Pronto-Socorro Municipal de Teófilo Otoni e Hospital Santa Rosália, onde uma pessoa morreu. Das vítimas, nove pessoas faleceram no local da colisão, sendo que os corpos estão no Instituto Médico Legal (IML) da cidade. O coletivo transportava 37 passageiros.

Com a batida, o trânsito na malha ficou fechado nos dois sentidos por aproximadamente 4 horas, causando um congestionamento de 10 km. O tráfego na rodovia federal acontece de maneira alternada e a expectativa da PRF é de que a pista seja totalmente liberada até o fim da tarde.

Com informações de Daniel Antunes, do Estado de Minas

sábado, 24 de outubro de 2009

Ressurge a Alvorada FM, agora na net

http://www.radioalvoradanet.blogspot.com
Meu amigo Horácio Póvoa, amante do rádio e principalmente da extinta Rádio Alvorada FM, que há exatamente 10 anos saiu do ar, dando frequência para outra rádio, nunca esqueceu os bons tempos da nossa Alvorada, emissora que tive o prazer de dirigir de 1995 a 1999, onde conseguimos montar uma grande equipe, sem modéstias, imbatível equipe.

Brigamos e vencemos a Band FM, Cidade FM, Alegria FM, Jovem Pam que chegou a se instalar em Araguari, mas não aguentou a concorrência. Conseguimos montar uma programação ao gosto do araguarino. Infelizmente nem tudo é eterno.

Mas o Horácio, amante voraz da Alvorada FM, era o homem da noturna, com o seu Love Songs, que fazia a gente viajar no romatismo dos maiores sucessos mundiais. O moço labutou, labutou tanto e conseguiu montar agora uma rádio na net. E advinha qual é o nome da rádio dele.....

Está a disposição dos amantes da boa música, com sucessos inesquecíveis, a Alvorada net, no blog: www.radioalvoradanet.blogspot.com. Ao abrir a página não clique em nada, em alguns instantes o som vai aparecer. Os sucessos nacionais e internacionais que ninguém esquece você poderá recordar.

Valeu Horácio pela iniciativa. Assim, estando no computador, estou curtindo a alvorada net. Parabéns!

Alemães ricos pedem ao governo para pagar mais impostos

Um grupo de ricos alemães lançou petição sugerindo ao governo a cobrança de maiores impostos dos cidadãos mais abastados do país. Eles dizem ter uma fortuna maior do que necessitam e que os recursos adicionais arrecadados poderiam financiar programas econômicos e sociais que ajudariam a Alemanha a se recuperar da crise financeira global.

O grupo calcula que o governo poderia arrecadar 100 bilhões de euros se os alemães mais ricos fossem taxados em 5% por dois anos. No Brasil, os maiores assalariados são taxados em 27,5%. A petição conta com 44 assinaturas e será apresentada à chanceler Angela Merkel.

O grupo afirma que a crise mundial vem aumentando o desemprego e a desigualdade social e que simplesmente doar dinheiro não seria o bastante. “O caminho para sair da crise deve ser pavimentado com enormes investimentos na ecologia, educação e justiça social”, dizem eles na petição.

O líder da iniciativa, Dieter Lehmkuhl, disse ao jornal Tagesspiegel que cerca de 2,2 milhões de pessoas na Alemanha possuem patrimônio de mais de 500 mil euros. O grupo realizou uma manifestação em Berlim na quarta-feira (21/10) para atrair publicidade para a proposta. Na ocasião, eles jogaram no ar cédulas falsas.

Com informações da BBC Brasil

Sem nenhum livro publicado, Collor entra para Academia de Letras de Alagoas


Senador por Alagoas, o ex-presidente da República Fernando Collor de Melo (PTB) tomou posse na noite desta sexta-feira (23) como o novo imortal da Academia Alagoana de Letras (AAL). Mesmo sem ter publicado nenhum livro, o ex-presidente foi eleito no último dia 2 de setembro, com 22 votos a favor e oito contra.
Collor assumiu a cadeira número 20 que era ocupada pelo ex-presidente da Casa, Ib Gato Falcão, a quem o senador classificou como o "maior construtor que Alagoas já teve".

Em uma cerimônia concorrida, Collor aproveitou para anunciar que o primeiro livro publicado de sua autoria trará a versão dele sobre o impeachment de 1992. "Todos me perguntam sobre o livro. Ele trará revelações, está pronto e será lançado num momento oportuno", assegurou o senador, sem dar pistas sobre a data de lançamento.

Para concorrer à vaga na Academia, Collor apresentou sete obras, todas impressas por gráficas oficiais e que nunca foram vendidas em livrarias. A última delas foi uma publicação da gráfica do Senado intitulada "Relato para a História", que traz na íntegra o discurso que fez no Senado em 2007 apresentando fatos sobre sua saída da Presidência.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Visita de Lula ao Triângulo é cancelada

O presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, cancelou os eventos marcados para esta quinta-feira no estado. Com isso, Lula volta a Brasília ainda hoje. Segundo a assessoria da presidência, os compromissos marcados em Governador Valadares foram cancelados por causa das condições meteorológicas, que impediram o pouso do avião que levava o presidente.

As atividades definidas para esta tarde em Uberlândia e em Uberaba, no Triângulo Mineiro, também foram desmarcadas. Nessas cidades, o presidente participaria de visitas a obras do Anel Rodoviário, inauguração de viadutos, eventos de assinaturas de contratos e sobrevoo de obras do Programa Minha casa, Minha Vida.

Nessa quarta-feira, o presidente participou da inauguração de obras do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) em cidades históricas do estado.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Duplicação da BR-050 já não é mais prioridade para governo federal. Se é que um dia tenha sido...

Jornal Correio anuncia que Lula anunciará primeiro duplicação da BR-365
Correio de Uberlandia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai anunciar nesta quinta-feira (22), em Uberlândia, o lançamento do novo edital para a duplicação da BR-365, sentido Uberlândia/Trevão. O edital anterior, publicado no início do ano, apresentou problemas técnicos e foi cancelado.

Há a expectativa de que o presidente anuncie ainda o início do processo de duplicação de outro trecho da 365, entre Uberlândia e Patos de Minas, e ainda da BR-050, de Uberlândia até a divisa com Goiás.

Luiz Inácio Lula da Silva chega a Uberlândia às 14h e será recebido pela imprensa e autoridades no complexo de viadutos do Anel Viário, onde se encontram as BRs 050, 365 e 452. Ele irá visitar as obras que estão sendo feitas com recursos do Governo Federal em parceria com a Prefeitura de Uberlândia.

Devido a isto, hoje (21) e amanhã (22) os condutores que trafegam pela avenida Anselmo Alves dos Santos devem ficar atentos pois o trânsito estará suspenso, entre os trevo do Parque do Sabiá e o que dá acesso ao Aeroporto, nos dois sentidos, assim como as alças que dão acesso ao viaduto Uberaba/Araxá e Uberaba/avenida Anselmo Alves. A interdição será feita para a montagem da estrutura que vai receber o presidente Lula.

Aécio conversa ao pé de ouvido de Lula e faz cara feia para Dilma



Fotos UAI
Lançamento de obas do PAC para a região das cidades históricas de Minas. Lula e Dilma, a ministra-candidata estiveram nesta quarta-feira (21.10) em Ouro Preto. Quem também não faltou foi o governador Aécio Neves, todo sorridente e cheio de intimidades com Lula.

Pela cara do governador, parece que as intimidades não foram tantas com a ministra.

Lula e Dilma estarão nesta quinta no triangulo, em visita a Uberaba e Uberlândia.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Confirmada a cassação do prefeito de Nepomuceno

do TRE

Por unanimidade, o TRE mineiro confirmou nesta terça-feira (20) a cassação do prefeito de Nepomuceno José Sílvio de Carvalho (PDT) e do vice-prefeito Alberto Washington Menezes Lima (PPS), por captação ilícita de sufrágio. Os juízes determinaram ainda a realização de novas eleições para prefeito no município, visto que a chapa eleita obteve mais de 50% dos votos. Foi confirmada na íntegra a sentença do juiz de primeira instância de julho deste ano, que também havia determinado aos cassados o pagamento de multa no valor de 20 mil UFIR´s (pouco mais de R$20 mil).

Segundo a juíza relatora do caso no TRE, Mariza Porto, ficou claro no processo “que, nos meses anteriores às eleições de 2008, a Prefeitura de Nepomuceno ampliou o leque dos beneficiários do seu programa social de doação de cestas básicas, independentemente de prévio cadastro ou estudo social, e fez distribuir, junto com a benesse, exemplares dos "santinhos" de propaganda do candidato à reeleição José Silvio de Carvalho. Em alguns casos, ao invés da cesta básica, foram confeccionados tíquetes subscritos por Antônio Fernandes e por assistentes sociais, que poderiam ser trocados por cestas básicas em estabelecimentos locais.”

Ainda segundo a juíza, “não se pode fechar os olhos à evidência dos autos de que os recorrentes aproveitaram-se de um programa assistencial do Município de distribuição de cestas básicas para beneficiar eleitores que não estavam regularmente inscritos no programa. Para tanto, foram utilizados tíquetes confeccionados por servidores vinculados ao órgão de assistência social do Município, cujos exemplares poderiam ser trocados por cestas básicas em estabelecimento local. Em alguns casos, as cestas básicas foram entregues diretamente por um servidor da prefeitura. Verifica-se, portanto, que os recorrentes utilizaram-se, de forma clara, da máquina pública municipal (servidores e material) para angariar eleitores”.

Os eleitos mantiveram-se no cargo graças a uma liminar concedida pela juíza relatora no dia 28 de julho, suspendendo os efeitos da decisão do juiz eleitoral local até o julgamento do recurso no TRE.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Prefeito cassado de Cascalho Rico ganha liminar para ficar no cargo

do TRE
Cassado na semana passada, em primeira instância, por compra de votos, o prefeito da cidade de Cascalho Rico Fernando Borges Santos (PTB) continuará no cargo até o julgamento do mérito do recurso apresentado ao TRE. Essa é a decisão da juíza do TRE-MG Maria Fernanda Pires, relatora do caso, que deferiu nesta segunda-feira (19) liminar solicitada por Santos e pelo vice-prefeito, Marco Antônio Magalhães, para suspender os efeitos da sentença do juiz eleitoral daquele município.

O prefeito e o vice são acusados em duas ações (de investigação judicial eleitoral e de impugnação de mandato eletivo) apresentadas pela Coligação "Unidos para um governo solidário", dos candidatos Dário Borges de Rezende (PSL) e Gílson Santos de Araújo (segundos colocados em 2008). Segundo os processos, teria havido distribuição de brindes e doações em período vedado, utilização de um caminhão do município para entrega de materiais de construção e distribuição de casas e lotes nos três meses anteriores ao pleito, e compra de votos por meio de gravação de mídia audiovisual.

Na sentença de primeiro grau, o juiz da 110ª Zona Eleitoral de Estrela do Sul, além de cassar os diplomas de Santos e de Magalhães, também decretou a inelegibilidade de ambos pelo prazo de três anos, determinou a posse na prefeitura do presidente da Câmara Municipal e a realização de novas eleições em Cascalho Rico.

Na avaliação da juíza-relatora, Maria Fernanda Pires, "observo que assiste razão ao requerente quanto à existência do fumus boni iuris; em que pese o disposto no art. 257 do Código Eleitoral, a jurisprudência desta Corte e, também, da Corte Superior têm mitigado o rigor legal para conceder as liminares requeridas até a apreciação do mérito do recurso pelos tribunais regionais. Quanto ao periculum in mora, vejo que tal condição se denota em virtude da determinação, pelo i. sentenciante a quo, de imediato cumprimento da sentença, com a posse do presidente da Câmara no cargo de prefeito, sendo que, caso a medida se efetive, o prefeito eleito pela maioria da população perderá, a cada dia passado, uma parcela do mandato que lhe foi conferido pelo povo. Isso é irrecuperável. Outrossim, abstenho de pronunciar-me sobre a questão da licitude/ilicitude da essencial prova constante da gravação de áudio/vídeo. É que, embora ciente de que referida prova foi fruto de perícia técnica, esse não é o momento de debruçar-me sobre tal questão, haja vista estar-se a avaliar apenas liminar em cautelar".

Veja a votação de 2008 em Cascalho Rico:

Candidato Part./Colig. Votos %
FERNANDO BORGES SANTOS PTB - PTB/PV/PRB/PP/PSDB/DEM 1.475 60,35
DÁRIO BORGES DE REZENDE PSL - PSL/PT/PMDB 969 39,65

Cassados 15 vereadores da capital paulista

uol
A Justiça Eleitoral de São Paulo cassou 13 dos 55 vereadores da capital nesta segunda-feira (19) por receberem doações de campanha irregulares da AIB (Associação Imobiliária Brasileira). Segundo o TRE-SP (Tribunal Regional Eleitora de São Paulo), o juiz Aloísio Sérgio Rezende Silveira, da 1ª Zona Eleitoral, considerou que a entidade não poderia realizar doações a campanhas eleitorais. Cabe recurso da sentença.
A decisão afasta dos cargos os vereadores Adilson Amadeu (PTB), Adolfo Quintas Neto (PSDB), Carlos Alberto Apolinário (DEM), Carlos Alberto Bezerra Júnior (PSDB), Cláudio Roberto Barbosa de Souza (PSDB), Dalton Silvano do Amaral (PSDB), Domingos Odone Dissei (DEM), Gilson Almeida Barreto (PSDB), Marta Freire da Costa (DEM), Paulo Sérgio Abou Anni (PV), Ricardo Teixeira (PSDB), Ushitaro Kamia (DEM) e Wadih Mutran (PP).

De acordo com o advogado Alberto Rollo, especialista em direito eleitoral, a decisão suspende os mandatos dos vereadores imediatamente e os recursos não suspendem a cassação. Para retomar os cargos enquanto o processo tramita, os parlamentares podem entrar com uma medida cautelar pedindo a suspensão da cassação.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Avenir assume interinamente prefeitura de Cascalho Rico


O presidente da Câmara de Cascalho Rico, Avenir Alves Barbosa, o conhecido sargento Avenir, assumiu nesta quinta-feira (15), a prefeitura da cidade até que novas eleições sejam marcadas. O então prefeito da cidade, Fernando Borges, eleito no ano passado, teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral por abuso do poder econômico e compra de votos. O ex-prefeito não foi encontrado para falar sobre o assunto mas pode recorrer da decisão. O TRE mineiro deverá convocar novas eleições no município dentro de 90 dias.

domingo, 11 de outubro de 2009

Bandidos assaltam ônibus que iam para Goiás

megaminas
Violência na estrada. Dois ônibus de turismo que iam do interior de São Paulo para Trindade, em Goiás, foram assaltados na madrugada deste sábado (10). Um dos assaltos foi na BR-050 próximo a Araguari e o outro na rodovia 223, divisa de Minas com Goiás.

No primeiro assalto 38 passageiros de São Carlos, em São Paulo, seguiam para Trindade para a Festa do Pai Divino Eterno. Os assaltantes interceptaram o veículos a tiros. O assalto foi por volta das 2h30, próximo a Araguari. Os passageiros ficaram em poder dos bandidos por cerca de duas horas. A maior parte do ocupantes eram idosos e alguns chegaram a ser agredidos.

Uma hora depois os assaltantes interceptaram o outro ônibus, de Campinas, São Paulo, com o mesmo destino. O assalto foi próximo a Corumbaíba, no estado de Goiás. Eles contam que foram três horas de terror. Segundo as vítimas, uma das passageiras de 58 anos, se assustou com os tiros e teve um infarto fulminante, vindo a falecer.

Os veículos foram encaminhados para o posto da Polícia Rodoviária Estadual na MG-223, saída para Caldas Novas. De acordo com a policia, a quadrilha levou dos passageiros mais de R$10 mil entre dinheiro e cheques, além de celulares e jóias.

sábado, 10 de outubro de 2009

A posse de Miguel D. Oliveira no primeiro escalão do governo


foto Correio de Araguari
Estive na posse do Miguel D. Oliveira, nesta sexta-feira, 09 de outubro, no Palácio dos Ferroviários. O ex-prefeito assumiu a Secretaria de Desenvolvimento e Turismo e interinamente a Secretaria de Serviços Urbanos. A convite do prefeito Marcos Coelho, ele aceitou a parada aos 80 anos de idade. É um obstinado e pelo jeito gosta muito de Araguari, quer participar do crescimento, da melhoria da cidade, por isso não recusou.

Mas voltando à posse, fiquei lá por pouco tempo, pois tinha outro compromisso. Durante o pouco, deu pra observar que a posse de um secretário estava parecendo posse de prefeito mesmo. Grande parte dos amigos e admiradores do ex-prefeito, os chamados “Miguelistas” estavam lá marcando presença, o que surpreendeu os demais secretários e creio que até o prefeito, pelo grande número.

Alguns secretários mostraram-se alegres com o momento político, outros pareciam meio perdidos na multidão, e outros estavam com cara de tacho, não estavam gostando nada daquilo. Foi realmente um momento ímpar da nossa política mais recente, provocado pelo imprevisível prefeito Marcos Coelho, que até uma semana antes dava declarações de que não havia nada acertado sobre a ida de Miguel para o primeiro escalão de seu governo.

Ao lado de sua eterna Nilcea Barbosa, Miguel cumprimentava a todos com animação e a volta a um posto na área político-administrativa parece ser para ele um prêmio revigorante. Mostrou-se interessado, pronto para desempenhar suas funções. Tem experiência de sobra e em qualquer posição no governo dará conta do recado. No entanto, vai precisar de mais liberdade e recursos para as atividades inerentes a suas secretarias. O então secretário da mesma pasta, Hélio Alves, lamentou a falta de recursos.

Numa avaliação superficial da presença de Miguel no governo Marcos Coelho pode se dizer que a iniciativa foi acertada. Ganhou em prestígio o governo atual, que acumulou um grande desgaste em apenas 9 meses de administração. Diante da presença maciça de apoiadores de Miguel na posse podemos extrair que por um lado o governo ganhou em apoio de uma ala até então acéfala e distante do que se passava no Palácio. O grupo esteve lá e deixou nas entrelinhas o recado pra Miguel: vá em frente, nos acreditamos em você e esta administração e a própria cidade tem muito a ganhar com a sua presença.

Agora, analisando por outro prisma, creio ser também uma nomeação perigosa, justamente pela força que Miguel mostrou ainda ter. Caso as coisas não saiam a contento, não dêem condições de trabalho a ele e em pouco tempo vir a
“chutar o balde “ o terreno que o governo ganhou vai perder em segundos e ainda com um agravante: os que estavam distante e se mostravam acéfalos, vão se voltar contra a atual administração, tornando-se oposição.

Volto a dizer que o Marcão acertou no convite, mas para que isso se consolide é preciso que o Miguel dê certo, pois do contrário, será a ruína de seu governo. Significa dizer que os que forem convidados para assumir cargos neste governo vão ficar na dúvida, haja vista que outros escudeiros de primeira hora já deixaram suas secretarias, sem uma explicação convincente, dando a transparecer que a convivência nos bastidores parece não ser nada amigável ou agradável.

Nesta mudança acredito que saiu fortalecido o grupo ligado ao secretário Silvio Povoa, que deixa a difícil missão de conduzir a secretaria de serviços urbanos ao seu ex-companheiro de chapa nas eleições de 2000. Esa pasta vinha trazendo fortes desgastes a Silvio, que pleiteia disputar a sucessão de Marcão. Por outro lado sai enfraquecido o grupo do vice-prefeito Jubersom, que vê no ex-prefeito Miguel Oliveira uma sombra política que pode ofuscá-lo. Em 2000, quando Miguel perdeu a eleição para Marcos Alvim, Jubão fazia parte do palanque de Alvim, quando ganhou pra vereador.

Relembrando o pleito de 2000, Alvim e seu grupo, do qual fazia parte Jubão, miraram contra Miguel que era o líder nas pesquisas. A grande bandeira de Marcos Alvim era a mudança, deixando a entender que Miguel só pintava meio-fios e que já estaria ultrapassado. O novo é que seria o bom. Por ironia do destino, agora Jubão e Miguel, nove anos depois, se encontram no mesmo barco.

No final de março deste ano fui o primeiro a anunciar publicamente, neste blog, a possível ida de Miguel para o governo. Muitos me chamaram de louco e que isso não teria nenhum fundamento. Para os incrédulos, a consumação, daquilo que se desenhou ao longo de seis meses.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Justiça condena 8 vereadores do município de perdizes

uai
Oito vereadores do município de Perdizes, na região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais, foram condenados pelo Tribunal de Justiça estadual por comprar alimentos e bebidas com recursos da Câmara Municipal. O julgamento ocorreu no dia 1º de setembro e a decisão foi divulgada nesta quarta-feira.

De acordo com o TJ-MG, as compras com dinheiro público configuram ato de improbidade administrativa, já que houve enriquecimento ilícito, lesão e ofensa aos princípios da administração pública.

As compras foram feitas em diferentes lojas no decorrer de 2002. Os pagamentos efetuados pela Câmara Municipal totalizaram R$ 27.610,77.

Um dos réus e ex-presidente da Câmara, João Pereira dos Santos, terá que restituir ao município R$ 27.610,77 e pagar multa no valor de R$ 13.805,38. Além disso, ele perdeu a função pública que exerce e teve seus direitos políticos suspensos por nove anos.

Os outros sete vereadores deverão pagar multa de R$ 2.760,00. Eles também tiveram seus direitos políticos suspensos por três anos

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Morre a professora Célia Regina


Vítima de cancer faleceu neste dia 03 de outubro a professora Célia Regina Gomide Oliveira: esposa do conceituado advogado Nilvio de Oliveira Batista. Era pessoa dedicada às causas sociais de Araguari e líder na política araguarina. Professora da Universidade Federal de Uberlândia há vários anos, deixa um legado de honradez, capacidade, simpatia e idealismo. Que Deus a tenha...

domingo, 4 de outubro de 2009

Cantora Mercedes Sosa morre, aos 74 anos, em Buenos Aires


uol
cantora argentina Mercedes Sosa morreu hoje, aos 74 anos, no hospital em Buenos Aires onde estava internada há cerca de um mês.

Sosa foi internada por conta de um problema hepático que piorou com complicações pulmonares. Nos últimos dias, ela respirava com a ajuda de aparelhos.

O filho de Sosa, Fabián Matus, afirmou à imprensa argentina que o momento era de "oração", mas que ainda tinha esperanças sobre a recuperação de sua mãe.
"Ela viveu plenamente seus 74 anos, fez praticamente tudo o que quis, não teve nenhum tipo de barreira nem medo. Viveu uma vida muito plena, que foi dolorosa, pelo exílio", disse.

A cantora já havia sido hospitalizada em março deste ano, devido a um quadro de pneumonia e desidratação.

A saúde frágil da cantora a impediu de lançar oficialmente seu álbum duplo "Cantora", que traz participações de Caetano Veloso, Shakira e Joan Manuel Serrat, entre outros artistas.

Com uma carreira de mais de quatro décadas, Mercedes Sosa foi uma das vozes mais representativas da música popular argentina e da América Latina.

A beleza da mulher mineira no Miss Minas Gerais






Miss Divinópolis e ganhadora do Miss Minas Gerais 2010
As cinco finalistas, além da Miss Divinópolis, as representantes de Ponte Nova, Unaí, Belo Horizonte e Santa Vitória.

Candidata de Divinópolis conquista o miss Minas Gerais

Pelo segundo ano consecutivo, Divinópolis, a 120 quilômetros de BH, na Região Centro-Oeste do estado, conseguiu a coroa do Miss Minas Gerais. A bela Débora Lyra, de 20 anos, cumpriu a promessa e garantiu o título para a cidade anfitriã do concurso. Ela pretende agora seguir os passos de Rayanne Moraes, que venceu o certame no ano passado, ficando em segundo lugar do Miss Brasil, e de Natalia Guimarães, vencedora da disputa em 2007, coroada Miss Brasil e conquistou o segundo lugar no Miss Universo.
Débora Lyra precisou de muito esforço e determinação para vencer as 28 concorrentes, todas dignas de representar a beleza das mulheres mineiras. Mas em meio a tantas beldades, a nova Miss Minas Gerais destacava-se pela postura, simpatia e desenvoltura na passarela, que impressionaram os 22 jurados.

As finalistas do concurso foram, além, da Miss Divinópolis, as representantes de Ponte Nova, Unaí, Belo Horizonte e Santa Vitória.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Para críticos de Olimpíada, Rio deveria ter outras prioridades

ALESSANDRA CORRÊA
da BBC Brasil, em São Paulo

A escolha do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos de 2016 recebeu críticas de especialistas que consideram a realização do evento uma inversão de prioridades.

"O Brasil tem outras prioridades e carências sociais para serem resolvidas, como educação, saúde, esporte para todos, habitação", diz o advogado Alberto Murray Neto, ex-membro do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), árbitro do Tribunal Arbitral do Esporte, em Lausanne (Suíça), e um dos principais críticos da realização da Olimpíada no Rio.
O alto custo do evento, calculado em mais de R$ 25 bilhões, as carências na infraestrutura do Rio em áreas como transporte e habitação, a falta de políticas públicas para o esporte e o temor de que os investimentos não se revertam em benefícios mais duradouros para a população são alguns dos problemas apontados por críticos.

"Eu entendo a opção do governo brasileiro como meio de propaganda, de projetar uma imagem mais favorável do próprio Rio, das repercussões econômicas para o turismo. Mas o custo é muito elevado", diz o economista Gustavo Zimmermann, professor de Economia do Setor Público da Unicamp.

Segurança

Zimmermann diz reconhecer os benefícios que os Jogos trarão em termos de projeção de autoestima do Brasil, mas considera muito pouco frente aos gastos necessários.

"Os recursos são escassos, e o Rio tem outras prioridades. Por exemplo, o estabelecimento de um plano de segurança", afirma.

A segurança é considerada um dos principais gargalos na estrutura do Rio para abrigar um evento como os Jogos Olímpicos.

O economista Daniel Motta, professor de Economia e Estratégia do Insper (ex-Ibmec/SP), cita o exemplo dos Jogos Pan-Americanos, realizados na cidade em 2007, como mostra de que é possível garantir a segurança de um evento de grande porte.

"Nos bastidores, sabemos que o Exército teve que atuar, a polícia teve um esforço concentrado. Mas não tivermos nenhum incidente com segurança", afirma.

No entanto, segundo Zimmermann, a segurança durante os Jogos Olímpicos não será mantida depois do término do evento. "Não vai proteger o cidadão no dia-a-dia", diz.

Infraestrutura

O presidente do Crea-RJ (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio de Janeiro), Agostinho Guerreiro, diz ter torcido pela escolha do Rio e estar satisfeito com a vitória, mas afirma que a cidade não está preparada para os Jogos de 2016.

"É um problema que não começou agora, vem de mais de 20 anos de descaso com alguns setores importantes da cidade", diz.

Guerreiro cita o setor de transportes, que diz considerar deficiente. "Houve um abandono na área de transportes, que privilegiou ônibus e vans em detrimento de metrôs e trens. É um sistema que, para a Olimpíada, somente funcionará se houver mudança radical", afirma.

Outro setor deficiente apontado pelos especialistas ouvidos pela BBC Brasil é o de habitação e hotelaria.

"A rede hoteleira tem uma deficiência incrível de leitos", diz o presidente do Crea-RJ. "Temos seis anos pela frente, acho que é possível. Mas teremos de tirar o atraso de mais de 20 anos de descaso na área habitacional, de abandono das favelas, do saneamento."

Guerreiro afirma que o principal problema é a falta de recursos. No entanto, o presidente do Crea-RJ diz acreditar que a maioria dos investimentos realizados para os Jogos Olímpicos serão permanentes.